Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/05/19 às 11h01 - Atualizado em 14/05/19 às 11h59

Secretaria de Trabalho faz sorteio de vagas para o Programa Fábrica Social

COMPARTILHAR

A Secretaria de Trabalho do Distrito Federal, por meio da Subsecretaria de Integração de Ações Sociais, concluiu nesta segunda-feira (13) a segunda etapa do processo seletivo para o Centro de Capacitação Profissional – Programa Fábrica Social.

Quase seis mil pessoas manifestaram interesse e se inscreveram para as ofertas de aperfeiçoamento profissional. Desse número, cerca de 3 mil conseguiram fazer a inscrição para concorrer a 1.200 vagas em cinco cursos:  confecção de vestuário, acessórios e materiais esportivos, construção civil, instalação e manutenção de sistema de energia solar, marcenaria criativa, jardinagem e cultivo de alimentos. Mais de 60% dos interessados são da Cidade Estrutural.

São mil vagas para vestuário e material esportivo; 50 para construção civil; 50 para marcenaria sustentável; 50 para manutenção do sistema de energia solar; 50 para jardinagem e cultivo de alimentos.

A distribuição das vagas foi feita seguinte forma: 85% para cadastro geral; 5% para pessoas com deficiência; 5% para idosos e 5% para adolescentes em conflito com a lei que já cumpriram medida socioeducativa ou que ainda estejam cumprindo em regime semiaberto ou aberto.

Segundo Gerson Vicente de Paula, Subsecretário da Subsecretaria de Integração de Ações Sociais, o programa tem a responsabilidade de impulsionar a geração de emprego, trabalho e renda para as pessoas em vulnerabilidade social. Os cursos possibilitam que os alunos participem de várias áreas do processo de qualificação. A ideia é que, depois da qualificação, o estudante seja encaminhado para o mercado de trabalho ou se torne um microempreendedor.

Gerson explica também que, conforme o desempenho do aluno no processo formativo e na produção, ele recebe uma bolsa de em torno de R$ 426, já somados os auxílios alimentação e transporte.

Neste ano, o programa tem uma novidade. Os alunos com melhor desempenho vão passar por uma etapa de inspeção (espécie de “estágio”) nas empresas de vestuário que pode durar até 90 dias.

Matrículas

A terceira etapa do processo seletivo consiste na efetivação das matrículas que serão feitas a partir do dia 27/05, de segunda a sexta-feira, nos horários de 9h às 11h e de 14h30 às 16h30.

Para a fazer a matrícula é preciso os seguintes documentos originais: NIS – Número de Identificação Social e Cadastro Único Atualizado; CPF; RG; Carteira de Trabalho; comprovante de residência atualizado e comprovante de escolaridade. O início das aulas está previsto a partir do dia 10/06.