Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/20 às 12h04 - Atualizado em 29/03/21 às 10h11

RENOVA DF

COMPARTILHAR

 

Atenção, devido ao lockdown, o início das aulas do Renova -DF foi adiado. Assim que confirmado a data, noticiaremos!

CONFIRA A LISTA DA 1ª CHAMADA DO RENOVA-DF

1ª Chamada_Renova-DF em_ordem alfabética

 

 

 

 

Aprovados no Renova-DF precisam entregar documentação

Os candidatos aprovados no Programa de Qualificação Profissional e Renovação de Equipamentos Públicos (Renova-DF) têm até 29 de janeiro para apresentarem a documentação necessária para efetivar a inscrição. A ampliação do prazo, que seria até o último dia 8, foi publicada em portaria no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), nesta sexta-feira (15), diante da baixa efetivação de inscrições. Dos mil selecionados em primeira chamada, apenas 384 formalizaram as vagas.

 

 


Renova-DF

 

Conheça mais sobre o curso de capacitação que vai oferecer 3 mil vagas para qualificação na área de construção civil.

  • Formações: carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro.
  • Duração mínima de 80 horas (até 20 horas semanais).
  • Haverá cadastro reserva no total de 6 mil vagas.
  • Requisitos para participar: ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro em situação regular no país; desempregado; maior de 18 anos; residente no DF.
  • Cada aluno terá auxílio pecuniário (bolsa), no valor de um salário mínimo, além de transporte e seguro contra acidentes pessoais.
  • Após a conclusão do curso, os alunos terão direito a certificado, autenticado pela entidade qualificadora e pela Secretaria de Trabalho.
  • As atividades serão desenvolvidas no âmbito das regiões administrativas (RAs) do DF, em quadras poliesportivas, praças, parquinhos infantis, parques, pontos de encontro comunitário, jardins, campos de futebol sintético, entre outros equipamentos públicos, com espaço para as aulas práticas, de interação e qualificação.

O Programa Renova DF consiste na oferta de cursos de qualificação profissional integrados às atividades de conservação do patrimônio público, com o fim de proporcionar a qualificação profissional do trabalhador de forma a torna-lo apto a atender às exigências do mercado de trabalho, combatendo o desemprego, durante e após as medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo COVID-19.