Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/04/18 às 15h08 - Atualizado em 25/04/18 às 15h08

Quarto lote do Prospera beneficia mais de 40 empreendedores

COMPARTILHAR

 

A Secretaria Adjunta do Trabalho da Sedestmidh distribuiu, nesta quarta-feira, 25, 47 cartas de microcréditos do Prospera – fundo de geração de emprego e renda do Governo do DF – no valor total de R$ 556.777,26. Uma palestra sobre o Programa e a entrega das cartas feita pelo Secretário, Wagner Sousa, compôs o encontro.

 

Gente como a comerciante Izabel Pereira, de Águas Claras, recebeu o crédito.  Dona de uma loja de roupas femininas há três anos, viu no Prospera um alicerce para seu negócio deslanchar. “Conheci o Prospera há oito anos, desde meu primeiro negócio, por indicação de uma amiga. Com ele, realizei o sonho de abrir a minha primeira loja” revelou.

Izabel gostou tanto que essa é 5ª vez que recebe o incentivo. Usa o valor para fazer capital de giro. “O programa é excelente e sem burocracia. Isso é o mais importante”, acrescentou a microempresária.

 

Esse é o 4º lote do Prospera em 2018 e, dessa forma, o Governo chega a um investimento de R$ 1,57 milhões em 141 microempreendedores, sendo 15 da área rural e 126 da urbana. A meta deste ano prevê investimentos de R$ 9 milhões até dezembro.

 

“As pessoas que vieram até aqui hoje o fizeram com o propósito de vencer. Fico muito feliz em ver esses empreendedores deslancharem e tendo o apoio do estado”, frisou Wagner.

COMO SOLICITAR O PROSPERA

 

Todas as agências do trabalhador podem auxiliar com informações, mas os pedidos de crédito para a cidade são feitos nas unidades do Plano Piloto (Setor Comercial Sul, Quadra 6, Lotes 10 e 11) e de Taguatinga (Avenida das Palmeiras, Quadra C4, Lote 3), de segunda a sexta, das 8 às 18 horas.

 

No caso da área rural, é preciso ir a um dos postos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF).

Para mais detalhes, sobre quem pode participar do Programa e suas condições de funcionamento, acesse: www.trabalho.df.gov.br, na aba “Microcrédito”.

Por: Rafael Secunho