Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/11/15 às 15h02 - Atualizado em 29/10/18 às 10h45

Emissão de carteira de trabalho passa a ser agendada também pela Agência Virtual

COMPARTILHAR

Marcação pode ser feita para uma das 16 unidades da Agência do Trabalhador. Serviço continua sendo feito por telefone e presencialmente


Rafael Alves, da Agência Brasília, 18 de Novembro de 2015 – 16:52 

  agendamento carteira digital 2015

 Foto: Dênio Simões/Agência Brasília


Obter a carteira de trabalho em Brasília está mais rápido e fácil. É que, desde hoje (18), a emissão do documento passou a ser agendada também pelo site da Agência Virtual, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos. 

Pelo celular, tablet ou computador, basta informar nome, cadastro de pessoa física (CPF), data de nascimento e e-mail para, em seguida, agendar a emissão do documento para uma das 16 unidades da Agência do Trabalhador espalhadas pelo Distrito Federal. O cidadão poderá marcar o dia e o horário que desejar, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 17h30.

O agendamento on-line serve tanto para quem tira a primeira carteira de trabalho quanto para quem precisa emitir uma segunda via. Esse serviço continua sendo feito pelo telefone 156, opção 9. Se o cidadão preferir marcar pessoalmente, pode procurar uma das três unidades da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego. Elas ficam no Gama (Lote 18, Praça nº 2, St. Central), no Plano Piloto (Setor Comercial Sul, quadra 8, Ed. Venâncio 2000) e em Taguatinga (C7, lote 5, Ed. Viviane).

De acordo com a secretaria, a marcação por meio da Agência Virtual facilita o monitoramento da prestação do serviço, além de um melhor cumprimento dos prazos de emissão e entrega. O site já oferecia o serviço de agendamento do seguro-desemprego e o acompanhamento de ofertas de vaga de trabalho. 

O secretário-adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour, acredita que a nova modalidade traz mais garantia para todos os envolvidos. “A tecnologia vem para facilitar a vida do cidadão e evitar possíveis fraudes. É também mais segurança para o empregador e para o trabalhador, já que temos um cruzamento de dados envolvendo diversos órgãos, como a Receita Federal.” 

Estiveram presentes no evento de lançamento do novo sistema o chefe de Políticas Públicas do Ministério do Trabalho e Emprego, André Ricardo, e o subsecretário de Atendimento ao Trabalhador e ao Empregador, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Antônio Vieira. 

 

Carteira digital

Desde 1º de outubro, o DF emite a carteira de trabalho informatizada, a exemplo de outras quatro unidades da Federação. Mais segura, ela tem registro biométrico e validade nacional. As fotos são tiradas na hora, e a identificação biométrica é feita no momento da emissão. O documento deixou de ser confeccionado nas unidades do Na Hora e passou a ser emitido nas unidades da Agência do Trabalhador. 

Dados da Secretaria de Trabalho apontam que nos primeiros 48 dias do documento digital foram emitidas cerca de 3,5 mil carteiras de trabalho digitais em todo o DF. A média mensal de confecção do documento antigo chegava a 10 mil impressões. Segundo a pasta, a redução do número exemplifica o controle e a fiscalização do novo sistema, que não permite emissões duplicadas.

Acesse os telefones e endereços das unidades da Agência do Trabalhador do DF.


Fonte: Agência Brasília