Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/07/19 às 12h21 - Atualizado em 31/07/19 às 12h22

DF GERA 16 MIL NOVOS POSTOS DE TRABALHO

COMPARTILHAR

 

As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego, divulgadas nesta manhã de 31/07, mostram que a taxa de desemprego total ficou praticamente estável ao passar de 19,4% para 19,5%, entre os meses de maio e junho de 2019. Neste período foram gerados mais 16 mil postos de trabalho no mês, no entanto a População Economicamente Ativa cresceu em 21 mil pessoas. O contingente de desempregados foi estimado em 336 mil pessoas, 5 mil a mais que no mês anterior.

O contingente de ocupados cresceu 1,2% e foi estimado em 1.391 mil pessoas, 16 mil comparado ao mês de maio. Setorialmente, esse resultado decorreu de acréscimos no Comércio (3,5%, ou 8 mil), na Construção (6,3%, ou 4 mil) e nos Serviços (0,5%, ou 5 mil) – inclusive na Administração Pública (1,8%, ou 3 mil) – e pouco variou na Indústria de Transformação (-2,1%, ou -1 mil)

Para o secretário de Trabalho, João Pedro Ferraz a pesquisa trouxe dados animadores. “É importante a estabilidade da taxa de desemprego nesse período, que ainda é de início de governo, no próximo semestre a tendência é de queda no desemprego”. Informou o secretário que ainda acrescentou. “Outro ponto positivo é a queda taxa do desemprego nas regiões de baixa renda”.

Com relação a ocupação, aumentou o contingente de assalariados do setor privado (1,2%, ou 8 mil) e ficou estável o do setor público. O mais importante é que o crescimento no setor privado foi o de assalariamento com carteira de trabalho assinada (2,1%, ou 12 mil novas postos de trabalho) e reduziu o sem carteira (-3,7%, ou -4 mil).

 

NO ANO

Acréscimos entre os trabalhadores autônomos (1,5%, ou 3 mil) e os empregados domésticos (4,3%, ou 4 mil) e relativa estabilidade entre os classificados nas demais posições (1,0%, ou 1 mil)

Entre junho de 2018 e junho de 2019, a taxa de desemprego total teve pequeno crescimento ao passar de 19,2% para 19,5%.

O número de desempregados no Distrito Federal aumentou em 20 mil pessoas, resultado da expansão do nível de ocupação (mais 60 mil ocupados) em número inferior ao crescimento da População Economicamente Ativa.

A Pesquisa de Emprego e Desemprego do Distrito Federal (PED), é referente ao mês de junho de 2019 e foi realizada e divulgada pela Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab), o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan),  nesta quarta-feira, 31/07, em coletiva de imprensa. O dados completo da pesquisa se encontram neste site, na área destina à PED.